sexta-feira, 22 de março de 2013

Yes - 90125 (1983)


Um trabalho inovador produzido por Trevor Horn e composto por 9 músicas, incluindo “Owner of a Lonely Heart”, o maior sucesso da banda, alavancando suas vendas em níveis estratosféricos e considerado pelo próprio Yes, como o álbum de maior receptividade e de importância vital para a continuidade da carreira do grupo, até os dias de hoje. E o que é melhor... vendendo arte em escala industrial. A partir deste álbum, a banda sofreu alterações profundas. A formação da banda era Jon Anderson (Vocal), Tony Kaye (Teclado), Trevor Rabin (Guitarra, Teclado e Vocal), Chris Squire (Baixo e Vocal), Alan White (Bateria e Vocal). A banda queria experimentar novos rumos na carrera. E como eles estavam numa época onde o som já era bem diferente, e a cada aventura era uma descoberta No processo, a banda tornou seu som mais acessível ao grande público, perdendo sua complexidade e fazendo-o chegar as rádios (isso não fas do album algo comercial, e se fazer garotada que se dane esse álbum é foda) os únicos que não vêem o lado bom disso são os fãs mais fanáticos da banda que alegam  uma grande decepção de verem a banda tomando um rumo totalmente diferente (para eles era o mesmo do Dream Theater fazer Grindcore). Uma coisa deve-se concora o album ficou um pouco POP de mais City of love e a falsa baladinha Hearts não nos deixa mentir Mesmo não sendo a formação mais clássica do Yes e não possuir uma presença progressiva em todo o trabalho, 90125 é um álbum, no qual até o mais crítico pode apreciá-lo sem muitas dificuldades. No entanto, possui uma curta duração nas faixas (É chupa Dream Theater) comparado com os demais álbuns do Yes, deixando-o assim longe de se tornar um dos melhores já lançados por eles.



01. Owner of a Lonely Heart
02. Hold On
03. It Can Happen
04. Changes
05. Cinema
06. Leave It
07. Our Song
08. City of Love
09. Hearts

Link nos Comentários

Um comentário:

Depois de fazer o download,diga-nos oque achou,deixe seu comentário,todos os comentários serão respondidos.